Jungle King

Na noite de segunda-feira, 12 de fevereiro, o Policial Rodoviário Federal Edimar Nascimento Franca, 36 anos, teve morte encefálica após passar mal durante um treino com o Pelotão da Caatinga, no sertão de Sergipe. Edimar estava internado no Hospital de Urgências de Sergipe (Huse) desde o dia 4 de fevereiro, após sofrer um AVC durante o treinamento.

Edimar Nascimento Franca|arquivo pessoal

Perfil e Legado de Edimar Nascimento Franca

Natural do povoado Meia Légua, no município de Boquim (SE), Edimar ingressou na corporação da Polícia Rodoviária Federal em 2016. Seu falecimento gerou comoção entre colegas e comunidade local. Os órgãos de Edimar foram doados com a autorização da família, em um gesto de solidariedade e generosidade em meio à dor da perda.

Nota da PRF

É com profundo pesar que Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebe a triste notícia do falecimento do nosso estimado colega, o PRF Edimar Nascimento Franca, ocorrido nesta data.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nascido em agosto de 1987, ingressou em nossa instituição em maio de 2016, demonstrando desde então um comprometimento exemplar com o serviço e a missão de salvar vidas.

Durante seu tempo de serviço nas Delegacias da PRF de Barreiras e Paulo Afonso (BA), Franca deixou sua marca como um profissional proativo, guerreiro e carismático.

Neste momento de dor e consternação, nos unimos em solidariedade à família e aos amigos, compartilhando o peso dessa perda irreparável.

Descanse em paz, seu exemplo jamais será esquecido.

Nota da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários lamenta o falecimento do PRF Edimar Nascimento França, da turma de 2016, lotado em Paulo Afonso na BA e natural da localidade de Meia Légua, município de Boquim (SE).

Nos solidarizamos e manifestamos nossos sentimentos a toda sua família e amigos, neste momento.